Planos de Saúde em Sorocaba

Saiba como funciona transplantes para os planos de saúde!

De acordo com o Sistema Nacional de Transplantes, agora há muitas pessoas na coorte de transplantes do país. Como o sistema é unificado, as pessoas com seguro médico também precisam se alinhar para receber órgãos, mas o custo pode ser pago pelo plano, dependendo do transplante a ser realizado e de certos critérios. Em um contrato assinado antes de 1998, havia uma cláusula que excluía o enxerto, mas entidades como a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor consideram que ele é abusado e, portanto, inválido, e pode ser considerado ilegal por recurso judicial. Saiba como funciona transplantes para os planos de saúde!

Saiba como funciona transplantes para os planos de saúde!

Saiba como funciona transplantes para os planos de saúde!

No entanto, para contratos assinados após essa data, o problema é diferente. São necessários programas assistidos por hospital para cobrir rins, córnea e medula óssea alogênica (feita a partir de doadores de medula óssea) e autólogos (da medula óssea do próprio paciente, sem doadores).

Por outro lado, o seguro obrigatório inclui não apenas o procedimento em si, mas também todos os custos relacionados ao procedimento, como assistência a doadores vivos; coleta, transporte e preservação de órgãos na forma de reembolso do SUS; medicamentos usados ​​durante a hospitalização (mas não manutenção) Drogas sexuais); acompanhamento clínico pós-operatório. Esse é um conteúdo importante identificado pela Administração Nacional de Saúde Suplementar (ANS) em sua “Lista de Procedimentos e Eventos de Saúde”, que determina a cobertura mínima obrigatória dos planos de saúde.

Também vale lembrar que todos os candidatos a transplante de órgãos de doadores de cadáveres devem ser registrados em uma fila sem exceção, ou seja, em um dos Centros de Notificação, Coleta e Distribuição de Órgãos (CNDCO) e aguardando o seu próprio Tempo. E a escolha é feita pela entidade.

Busque seus direitos

Para essas situações, o Idec recomenda que, se for necessário executar procedimentos que não constam da lista, o paciente deve recorrer ao judiciário para obter o número de cobertura do plano de saúde 9.656 / 98, de acordo com a Lei de Proteção ao Consumidor (DCD) e os requisitos legais. No entanto, deve-se lembrar também que a lista de procedimentos determinada pela ANS se refere à cobertura mínima, ou seja, o plano de saúde pode ampliar livremente sua cobertura a seu critério.

Por exemplo, este é o caso do Programa de Saúde SulAmerica, que abrange mais do que o que o ANS determinou: além dos transplantes de córnea, medula óssea e rim, o operador também abrange transplantes de pulmão, coração, pâncreas e fígado.

Saiba Mais

Portanto, ao escolher seu convênio médico Sorocaba, não use apenas a cobertura obrigatória determinada pela ANS como um guia, mas revise cuidadosamente cada plano fornecido por cada operador. Em caso de dúvida, fale com um profissional de vendas sobre suas necessidades, ele o orientará a desenvolver o melhor plano para o seu perfil.

Realize imediatamente simulações on-line gratuitas de preços e invista na segurança dos melhores planos de saúde em Sorocaba.